Parceria inovadora entre Sebrae e “Franco Montoro” fecha o ano como case de sucesso

Em todo o mundo, centenas de universidades já reco­nheceram o papel e o poder da educação empreendedo­ra sobre a inovação e o desenvolvimento econômico dos países. Seguindo a tendência mundial, em agosto de 2020 a Faculdade Municipal “Professor Franco Montoro” e o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) firmaram parceria com o objetivo de fomentar iniciativas de empreendedorismo para alunos de Medicina, após conclusão do curso ou ainda durante a graduação.

Os resultados superaram as expectativas, tornando a iniciativa inovadora um case de sucesso, na avaliação do Escritório Regional do SEBRAE de São João da Boa Vista. A parceria proporcionou aos estudantes conteúdo programático com foco no empreendedorismo, permitindo, além da formação técnica, um olhar diferenciado, sistêmico e mais inovador frente às possibilidades de atuação e a solução dos desafios da realidade do dia a dia, tanto em sua área profissional como em sua vida pessoal.

A cooperação SEBRAE-FMPFM se reveste de especial importância como resultado extremamente positivo no contexto de todo o empenho da diretoria em manter as atividades acadêmicas num ano atípico e difícil para o sistema educacional, sem parar e, mais ainda, apesar de todas as adversidades, buscando a inovação.

O projeto foi formatado por um grupo de trabalho. Pela “Franco Montoro” participaram a diretora acadêmica, Drª Renata Mauri, e a professora Marisa Jussara Camargo Yoke, mestranda, docente da estratégia educacional “Empreendedorismo” do curso de Medicina. Rejane Leatrice De Marco, consultora e coordenadora estadual, Rafael Trefilho Paulucci, analista de Projetos e Políticas Públicas, e Sylvio Carrera Lucchesi, consultor, representaram o SEBRAE. A cada semana, vários outros consultores também participaram.

O conteúdo programático foi concebido e mediado pelo SEBRAE. A primeira ação da parceria foi realizada com a equipe do SEBRAE atuando em conjunto com a professora Marisa Jussara, adaptando ao ambiente da Faculdade Municipal metodologias e eventos desenvolvidos pelo SEBRAE, de modo a proporcionar uma vivência prática do empreendedorismo.

Os estudantes participaram em equipes e ao final apresentaram oito modelos de negócios em CANVAS – ferramenta que permite sintetizar a ideia de um negócio em apenas uma página, possibilitando estruturar todas as atividades pertinentes à proposta -, sendo alguns deles bem factíveis com as necessidades de mercado.

A busca da parceria com o SEBRAE decorre do fato de que o órgão é o mais adequado e capacitado para o projeto em face do know-how e expertises acumulados ao longo de quase 50 anos de atuação na capacitação, promoção do desenvolvimento econômico e competitividade das micro e pequenas empresas e estímulo ao empreendedorismo no país. O responsável pela popularização do termo empreendedor é, reconhecidamente, o SEBRAE.

O projeto iniciado com os alunos do curso de Medicina da Faculdade Municipal “Professor Franco Montoro” prevê contemplar os outros sete cursos de graduação, sobretudo porque o sucesso da primeira fase demonstra que a continuidade é importante para a inserção da instituição na tendência mundial da educação empreendedora.