Engenharia Ambiental

Considerada como uma das profissões emergentes mais promissoras do cenário profissional, a engenharia ambiental é regulamentada no Brasil desde 2000, pela Resolução 447 do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

O engenheiro ambiental poderá atuar na preservação da qualidade da água, do ar e do solo a partir do diagnóstico, manejo, controle e recuperação de ambientes urbanos e rurais. As funções do futuro profissional da área incluem investigação, avaliação, adaptação e implantação de sistemas de produção ambientalmente viáveis, a recuperação de áreas degradadas e a diminuição e o monitoramento dos processos e atividades causadores de impactos ambientais. É ele, também, que preparará empresas e organizações para receber licenças ambientais de funcionamento.

O engenheiro ambiental poderá, ainda, elaborar propostas alternativas para o tratamento de poluentes e para a utilização racional de recursos naturais. Esse profissional atuará também para viabilizar a obtenção do certificado ambiental para a área de produtos e serviços, a ISO 14.000.

Duração: 10 semestres